PEDRO TIERRA (Hamilton Pereira da Silva)


poesia y otras letras

POESIA Y OTRAS LETRAS

[ Tocantins, Brasil, 1948 ]

Créditos da imagem: pt.org.br

As armadilhas que atualmente infligem feridas às democracias ocidentais modernas são a continuação de um mecanismo heterodireto que já atingiu muitos países latino-americanos no passado. Entre eles o Brasil, que em 1976 sofreu uma série de atrocidades terríveis e monstruosas contra homens e mulheres protestando contra a ditadura. Durante esse período de opressão nas prisões houve o horror da tortura, que também cruelmente se estendeu às famílias dos presos políticos. Entre eles estava também Pedro Tierra, poeta e militante que passou pela escuridão da violência oficial na qual sangue e lágrimas se fundiram com sua criatividade poética na tentativa de salvar a ternura como uma conotação de verdade.

Embora muitos anos se tenham passado desde aqueles eventos traumáticos que afetaram fortemente o povo brasileiro, a liberdade recuperada ainda apresenta feridas; feridas que se espalharam para outros povos de diferentes continentes. De…

View original post mais 595 palavras

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s