mãos de mar (55)


quando o mar trabalha

0 ahcravo_DSC_9006

depois de seco o saco é de novo fechado para o aparelho da xávega poder fazer novo lanço. ao acto de fechar o saco chama-se “dar o porfio”, é o que está a fazer o meu amigo agostinho canhoto

é de rede
deitada ao mar do tempo
este livro

em terra
ficará a contar estórias
a falar de muitas vidas
e saberes

fora dele muito mais
que para tudo
saco não havia
e peixe houve que saltou

deu-se o porfio
fechou-se o saco

é na praia que encontras
os búzios que procuraste
em casa

(torreira; 2011)

 

 

quando o mar trabalha (lançamento)


(o livro está aí, estão todos convidados)

20180803_AhCravoGorim_conviteA4_alta

uma história
uma vida
muitas vidas
a memória
as imagens
as falas
a terra
o mar
tanto
(quem não puder estar presente pode encomendar o livro para o email : ahcravo98@yahoo.com

 
os custos com envio, em correio normal, serão em breve aqui publicados, uma vez que ainda não tenho custos de portes.
 
o valor para entrega em mão é de 15 euros)

postais da ria (260)


torreira

torreira é nome
de mulher
feito terra

escuto a sua voz
a camaradagem
o ser completa

torreira é o mar
os barcos
as companhas

é o rio as gentes
os saberes
o pouco de tanto

o mais por belo
que seja
vazio de corpos
é paisagem

0 ahcravo_DSC0699

(torreira; safar redes; 2018)