ti luísa, descanse em paz


0000 ahcravo_DSCN0572 - ti luisa

 

a ti luísa da calada faleceu hoje, dia 13 de julho

amanhã pelas 20 horas é o rezar na casa mortuária da torreira

era uma boa amiga e uma grande contadora de histórias da torreira.

com ela a torreira perde muitas das suas memórias e uma mulher que sempre conheci “virada para o mar”.

a todos os familiares o meu abraço amigo.

os moliceiros têm vela (319)


vão chamar “barqueiros” …….

0 ahcravo__DSC1685.jpg

a regata da ria 2018, dá para escrever uma história.

quanto à divulgação – primeiro momento – foi a pior de sempre e provavelmente a mais cara. só no dia 22 começou a ser divulgada e na véspera não havia um cartaz sequer na torreira. mas temos uma parceria com uma empresa de liverpool experiente em eventos deste género. paguemos!

os moliceiros uniram-se, falaram e conseguiram aumentar os valores dos prémios, deixando o intermediário próximo do que merece. ainda é muito!

à regata faltou vento e ir contra a maré e sem vento ….. houve quem se cansasse e vai de “botar” motor. quando já eram uns quantos, a organização achou por bem dar por terminada a regata e foram todos a motor até aveiro. mas foi preciso que os moliceiros mostrassem, usando o motor, que assim não chegavam a aveiro, para que a organização se decidisse. custou, mas deu por ela!

hoje em aveiro, por decisão do júri, foi considerado que não haveria classificação de regata e o valor do prémio global seria distribuído pelos que ainda não se tinham posto a motor até ao momento de a regata ser dada por terminada.

para terminar, e porque quase tudo o que começa mal, mal acaba, aos moliceiros – homens- chamou a organização “barqueiros”!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

foi então que se perdeu um trovão e a possibilidade de uma faísca iluminar certas cabeças.

vão chamar “barqueiros ” ………

0 ahcravo__DSC1685 bw.jpg

(ria de aveiro; 30 junho 2018)

postais da ria (260)


torreira

torreira é nome
de mulher
feito terra

escuto a sua voz
a camaradagem
o ser completa

torreira é o mar
os barcos
as companhas

é o rio as gentes
os saberes
o pouco de tanto

o mais por belo
que seja
vazio de corpos
é paisagem

0 ahcravo_DSC0699

(torreira; safar redes; 2018)