parabéns ti abílio carteirista


parabéns ti abílio

0 ahcravo_DSC_7731 s bwa

eis o homem da beira-ria, chama-se abílio carteirista

será que este ano são mesmo os 80? ou foi o ano passado?

quem conhece o ti abílio (carteirista) sabe bem que com ele tudo é possível.

eu acredito que este ano são mesmo 80 anos.

fala-se muito da “brejeirice da beira-ria” quando se analisam alguns painéis de moliceiros, mas só se sabe o que é a “brejeirice da beira-ria” depois de alguns momentos de convívio com o ti abílio.

fala-se do “duplo sentido” que algumas legendas de painéis de moliceiros utilizam, veja-se a alcunha “carteirista” e pensa-se logo numa interpretação, mas …… (vejam o vídeo)

o ti abílio tem também da tradição dos homens da beira-ria, no saber o valor da palavra e no reconhecer os amigos – é o que somos.

o ti abílio é a beira-ria

parabéns ti abílio, seja qual for a idade que você comemora hoje, nunca parecerá a que é.

abraço do amigo cravo

(os clips de vídeo, que registei em conversa com o ti abílio, mostram um ti abílio sério, de boa memória, muita experiência de vida e capaz de encarar o futuro com um discernimento que incomodará muitos de menos idade.
hoje o primeiro da série)

regata da ria 2017, resultados, prémios e algumas contas de espantar


0 ahcravo_DSC_3174

o A. Rendeiro já claramente em 1º lugar

Participantes

Barcos moliceiros classe A – tamanho tradicional

A. Rendeiro
Marco Silva
Um Sonho
Zé Rito
O Amador
Bulhas
S. Salvador
Dos Netos
Câmara Municipal da Murtosa

Barcos moliceiros classe B – mais pequenos

Ecomoliceiro
Sermar

(ao todo 11 barcos)

Classificação e prémios de regata

Classe A

1º – A. Rendeiro – 150 euros
2º – Marco Silva – 100 euros
3º- Um Sonho – 50 euros

Classe B

1º – Ecomoliceiro – 150 euros
2º – Sermar – 100 euros

Classificação e prémios de painéis ( só classe A)

1º – A. Rendeiro – 300 euros
2º – Marco Silva – 250 euros
3º- Bulhas – 200 euros
4º – Zé Rito – 150 euros
5º – O Amador – 100 euros

Algumas contas

Prémio de participação : 700 euros ( 9 classe A). Total 6.300 euros
Prémio de participação : 600 euros (2 classe B). Total 1.200 euros
Prémios de classificação: 300 euros ( classe A) ; 250 euros (classe B)
Prémio de painéis : 1.000 euros

Total do valor entregue aos moliceiros: 6.300+1.200+300+250+1.000 = 9.050 euros

E, agora, pensemos um pouco

Nos últimos anos a transferência da Comunidade Intermunicipal da Região de Aveiro – para a comissão organizadora da regata da ria – tem sido de cerca de 17.000 euros, e este ano terá sido, pelo menos, o mesmo.

A questão em que eu gostava que meditassem é:

11 MOLICEIROS PARTICIPARAM NA REGATA E RECEBERAM 9.050 EUROS.

PARA ONDE FOI O RESTANTE??????????????

A BRINCAR, A BRINCAR PODEMOS ESTAR A FALAR DE CERCA DE 8.000 EUROS

Assim sendo, apetece perguntar

QUEM GANHA COM A REGATA DA RIA?

OS MOLICEIROS NÃO, DE CERTEZA!

SERÁ QUE NINGUÉM MOSTRA AS CONTAS?

0 ahcravo_DSC_3174 bw

os 3 primeiros na recta final da regata

ao moliceiro desconhecido


” – ti zé, quando é que podemos gravar ?
– oh cravo, agora estou sozinho, mas pode ser segunda-feira pelas 6 da tarde”

foi assim e na segunda-feira, dia 12 de junho de 2017, nos juntámos na cozinha do ti zé rebeço e fizemos a gravação a que assistiram..

houve estórias para além de haver bateria que a memória é rara, as vivências muitas e o homem enorme.

memória de um tempo, de uma geração, de uma ria que já não volta mas importa celebrar e, porque não, reviver.

obrigado ti zé, há momentos em que vale a pena estar vivo, estes foram momentos em que valeu a pena.

 

 

(depois de ouvir a história de vida do ti zé rebeço)

 

 

0 DSC_6124 moliceiro zé rebeço sep

eis o homem
sejam nele todos quantos
antes muito antes
araram e ceifaram a ria

límpidas e puras as palavras
como então as águas
que sulcavam a bordo dos seus barcos

homens sem nome sem rosto
moliceiros desconhecidos
a quem a terra que adubaram
que a tantos deu de comer
ainda lembra mas não recorda

ao moliceiro desconhecido
na terra que o viu nascer
tudo mas tudo lhe é devido

tarda a hora de o fazer

0 DSC_6124 moliceiro zé rebeço bw

(o ti zé rebeço revive a descarga com moliço, no cais do bico)

 

aos que morreram pela mão do fogo (1)


0 ahcravo_ahcravo_DSC_2200 bw

hoje é o primeiro dia
de luto

façamos dele
mais um dia de luta

pelo planeta
pelos povos
contra a estupidez cega
do lucro desenfreado

pelo cumprimento
do acordo de paris

hoje é o primeiro dia
de luto
mas não me basta que o seja
quero mais

hei-de querer sempre mais
um dia de luta

0 ahcravo_DSC_2200

(regata da ria, 2010)

os moliceiros têm vela (265)


aos que morreram pela mão do fogo

0 ahcravo_DSC_6414 regata moliceiros bw

aos que morreram pela mão do fogo
e foi atroz a sua morte
nada os trará de volta

mas que fique claro
que nada acontece só
por vontade da natureza

há mão do homem
a forçar o evitável

quando se lembrarem deles
lembrem-se do acordo de paris
da urgência de o cumprir

aos mortos
nada os trará de volta
aos vivos
que lhes sirva de lição

isto anda tudo ligado
escreveu o poeta há muito
mas podia escrevê-lo hoje

0 ahcravo_ DSC_6414 regata moliceiros

(regata da ria; 2009)