os moliceiros têm vela (405)

os moliceiros têm vela (405)


meditação sobre a palavra
KONICA MINOLTA DIGITAL CAMERA

cais do bico; cipriano brandão; 2006

 
o homem inventa
a ferramenta
que reinventa o homem
e a palavra
 
a palavra para denominar
a ferramenta
 
a ferramenta exigirá novas
ferramentas novas palavras
 
o poeta inventa a palavra
pelo prazer da música das letras
pela sonoridade pelo ritmo
pelo prazer de
 
as palavras do poeta
não nomeiam nada excepto
a si mesmas e são
as mais puras criações
do homem
KONICA MINOLTA DIGITAL CAMERA

cais do bico; cipriano brandão; 2006

 
os moliceiros têm vela (404)

os moliceiros têm vela (404)


é um amigo
KONICA MINOLTA DIGITAL CAMERA

cais do bico; regata do emigrante; 2006

um homem caminha na ria
um amigo aqui agora
sempre
 
súbito tudo é memória
 
sei que nunca se regressa
sei que a memória
é a única forma de voltar
 
nada mais resta
nada mais
resta
 
um homem caminha na ria
é um amigo
KONICA MINOLTA DIGITAL CAMERA

cais do bico; regata do emigrante; 2006

os moliceiros têm vela (402)

os moliceiros têm vela (402)


falasse o barco

KONICA MINOLTA DIGITAL CAMERA

regata do emigrante; cais do bico; 2006

falasse o barco
casa sobre a ria
onde filhos feitos
criados entre barcadas
a correr pelos bordos
 
falasse o barco
dos homens e da palavra
do norte e das noites
das varas e das velas
da dura sirga
do ancinho e do moliço
do junco e da gadanha
da padiola do engaço
da forquilha
 
falasse o barco
diria da festa do s paio
da tenda de vela
das caldeiradas
as melancias o garrafão
os rojões as enguias fritas
 
falasse o barco
ouvirias os moliceiros
antigos senhores
da ria
KONICA MINOLTA DIGITAL CAMERA

regata do emigrante; cais do bico; 2006

 
os moliceiros têm vela (400)

os moliceiros têm vela (400)


moliceiro
0 ahcravo_DSCN9245 a bw

regata do bico; 2006

tempo de máscaras
é sempre
trazem nomes as imagens
memórias
pegadas de um tempo
que vou semeando
tempo de todos
os que amam
de verdade
o moliceiro
0 ahcravo_DSCN9245 a

regata do bico; 2006

os moliceiros têm vela (395)


cansado
0 ahcravo_DSC6594

murtosa; cais do bico; ti zé formigo; 2019

 
fala-me do homem
diz-me que o entendeste
cansa-me esta busca
 
diz-me do homem
tudo o que aprendeste
cansa-me este estar
 
se cada homem é
um barco
ensina-me a navegar
 
é tarde e estou cansado
cansado cansado
cansado