o “mendigo basilius” na feira medieval de penela 2013 (o álbum)


no próximo sábado dia 7 de junho de 2014, tem lugar em coimbra, no largo da sé velha, mais uma edição da feira medieval de coimbra, em que participa o “mendigo basilius”.

já no artigo  publicado em 17 de maio de 2014, sob o título “basilius na feira medieval de penela (1) mais tarde no artigo “basilius na feira medieval de penela (2), foi desenvolvida uma biografia do basílio por detrás do “mendigo basilius”, pelo que se torna desnecessário acrescentar mais palavras, onde as imagens são o motivo.

sejam bem vindos a coimbra

 

basilius_DSC_0188_feira medieval penela_2013_basilius

basilius_DSC_0187_feira med penela_basilius

basilius_DSC_0205_pedinte fm penela_basilius

basilius_DSC_0209_leproso fm penela_basilius

DSC_0184_feira med penela_basilius

DSC_0202_feira medieval penela_2013_basilius

DSC_0208_feira medieval penela_2013_basilius

DSC_0213_feira medieval penela_2013_basilius

DSC_0214_feira medieval penela_2013_basilius

DSC_0218_feira medieval penela_2013_basilius

DSC_0234_feira medieval penela_2013_basilius

DSC_0192_feira medieval penela_2013_basilius

basilius na feira medieval de penela (1)


 

uma figura, um artista, um projecto

uma figura, um artista, um projecto

 

 

Joaquim Vieira Basílio, também conhecido por “Mendigo Basilius”, nasceu a 15 de Abril de 1936, na freguesia de Ceira, em Coimbra.

Com uma grande paixão pelo teatro e pela poesia, desde cedo se iniciou nestas andanças, levando a todo o país a sua presença.

Com uma enorme presença cultural na região de Coimbra destacam-se as suas participações no Grupo Cénico da Casa do Povo de Ceira, de 1959 a 1965; no Grupo de Teatro de Sobral de Ceira, de 1975 a 1996; e na Cooperativa de Teatro Bonifrates, onde ingressou em 1997. Foi co-fundador do Grupo de Intervenção Poética e Animação Cultural “Os Sem Abrigo”.

Pedinte Medieval

Esta personagem conta já com 20 anos de existência, tendo nascido em 1992, aquando da I Feira Medieval de Coimbra. Daí até ao dia de hoje já esteve presente em centenas de feiras medievais ao longo do País, destacando-se Castro Marim, Guimarães, Montemor-o-Velho; Canas de Senhorim, Penela, Coimbra, Silves, Braga. Santa Maria da Feira, Óbidos e muitos outros eventos.

Com reconhecimento no estrangeiro, já participou em eventos pela Europa fora, com especial presença em Espanha e em Itália onde é muito querido.

Durante os anos 90 deu corpo a outra personagem “O Cego”, na Romaria do Senhor da Serra em Coimbra.

Com participação em outras actividades culturais, destacam-se as suas narrações e declamações de poemas. É também de salientar a sua presença no Grupo de Intervenção Poética e de Animação Cultural “Os Sem Abrigo”, que levou por toda a região centro do País, em inúmeras actuações.

(informação retirada de um desdobrável que me foi oferecido pelo Basilius)