os moliceiros têm vela (323)


maria emília

0 ahcravo__DSC3660_maria emília
professora, natural da região de aveiro (sul), comprou em leilão, no ano de 2015, o moliceiro “S. Salvador”.

no painel da proa, estibordo, a pintura de um moliceiro e a legenda “EU SOU FELIZ AQUI”.

segundo me disse, comprou o moliceiro para passear com a família e os amigos, mas tem participado em todas as regatas desde que o comprou.

e participa como camarada.

em frente ao estaleiro do mestre zé rito, na torreira, apodrece o moliceiro do falecido manuel valas. não haverá nenhum orgulhoso de ter nascido na “pátria do moliceiro” que passe das palavras aos actos e o ponha navegar?

murtoseiros, olhem para o exemplo da maria emília.

regata do bico 2018

(participação e posição à chegada até ao 5º – classe A)

1 – A. Rendeiro
2 – Marco Silva
3 – Zé Rito
4 – Ferreira Nunes
5 – Um sonho
O Amador
Dos Netos
S. Salvador
CM Murtosa
Inobador

(penso não ter aqui qualquer falha mas, se a houver, venham ajudas que correcções farei)

(murtosa; regata do bico; 2018)

os moliceiros têm vela (292)


cigarra que canta a formiga

0 ahcravo_DSC_7744 s bw

o ti abílio traz o moliceiro, à vara, desde o cais até ao local de partida

escrevo o que sinto
sou as minhas palavras

cigarra que canta a formiga
faz do inverno verão

0 ahcravo_DSC_7744 s

o ti abílio traz o moliceiro, à vara, desde o cais até ao local de partida

(murtosa; cais do bico; 2016)

 

os moliceiros têm vela (281)


carta aos resistentes

0 ahcravo_DSC_4257 s bw

não se darem as mãos
não serem um
habitado por muitos

admiro que ainda
perguntas-me como

só encontro uma palavra
amor

assim a terra
o entendesse

não se darem as mãos
não serem um
habitado por muitos

não é sonho
é viver ou morrer

0 ahcravo_DSC_4257 s

(regata do bico; 2017)

os moliceiros tradicionais fazem passeios tradicionais


uma das formas de sobrevivência dos moliceiros tradicionais é a realização de passeios na ria de aveiro.

na RIA, não nos canais de aveiro.

a motor, por uma questão de segurança, mas com mastro e vela enrolada, conhecer a ria pela boca de quem a conhece é a proposta.

neste registo o percurso foi entre a torreira e o cais do bico, mas muitas e diversas são as propostas de percurso.

passear num moliceiro tradicional é um prazer e uma forma de apoiar a sua continuação.

OS MOLICEIROS TRADICIONAIS FAZEM PASSEIOS TRADICIONAIS

APOIA A TRADIÇÃO E DESFRUTA DE UM PASSEIO NA RIA DE AVEIRO