MARIA DO ROSÁRIO PEDREIRA [Lisboa 1959]


poesia y otras letras

POESIA Y OTRAS LETRAS

Créditos:
https://arlindo-correia.com

Dentro do panorama atual, esta escritora pode ser considerada a herdeira de um romantismo que nunca deixou de influenciar as letras portuguesas. O espaço interior da casa encerra em seus versos o pouco que resta de um amor junto aos objetos, roupas e aromas que o recordam. Este espaço representa a introspecção da voz feminina perante a fragilidade dos momentos vividos. O amor e a morte são também elementos indivisíveis em sua poesia, porque formam um todo na solitária circularidade da nostalgia, onde só se pode escrever da angústia da perda.

Sentaram-se na areia e descalçaram os sapatos. Puseram-se a contar pelos dedos os barcos que faltariam para chegar o verão. Nenhum deles falava. Tinham passado juntos algumas noites, num quarto sem vista. E, embora julgassem o contrário, não conheciam um do outro muito mais do que isso. Estavam ali sentados para ver se acontecia alguma coisa. No…

View original post mais 722 palavras

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s