meditação de fim de ano


serenidade

 

acolhe-te em ti

és

 

sente tudo

como se tudo

fosses tu

e és

 

o reflexo

no espelho

sorri um sorriso intemporal

há gente

dentro do espelho

que desconhecias

és tu

 

todo o tempo

não é o tempo todo

no teu tempo

em cada instante

por mais ínfimo

 

uma voz sussurra

o teu nome

não o reconheces

estás longe de

és muito mais

és

 

no ser

assim

contigo

sou