postais da ria (241)


dos homens e dos barcos

barcos sem homens
são fantasmas
poisados na ria

belos em horas felizes

tristes órfãos
porque lhes ignoraram
o terem pais

é urgente contar
dos homens
para que haja
barcos

0 ahcravo_DSC_1144 s1.jpg

(torreira; safar redes; 2013)

Anúncios