memória_03042011

memória_03042011


um dia
0 ahcravo_Imagem 034 onda mar claridade 0s_bw

praia de buarcos; 2008

um dia
o meu poema vai levantar voo
das folhas brancas
 
um dia
o meu poema ave vai encontrar-te
na planície da ausência presente
e pousar suavemente
nos teus olhos sequiosos de luz
 
um dia
o meu poema barco
partirá para os mares de bocas
lábios gretados em busca de palavras
 
um dia
o meu poema
deixará de ser
meu
 
0 ahcravo_Imagem 034 onda mar claridade 0s

praia de buarcos; 2008

de véspera


de véspera

0 ahcravo_DSC_1829 bw.jpg

de véspera
fazer as malas
as despedidas
pôr o bacalhau de molho

de véspera
fazer a preparação
para o exame do dia seguinte
matar o perú

de véspera
a ansiedade porque
tentar dormir para
dizem de mim que cedo chego

de véspera
ninguém morre
ninguém nasce

de véspera
nem estas palavras

0 ahcravo_DSC_1829

(praia de buarcos; 2016)

obrigado fernando


obrigado fernando

0 ahcravo_DSC_1711 sa

ando como se não soubesse
de outro caminho
o mar ao fundo os livros à mão

é dia de feira de rever amigos
da tertúlia das velharias
do fernando e da suméria onde
nunca fui como a quase tudo

as lombadas alinhadas
por temas e preços
bons os do fernando
patrono dos leitores ávidos
e pouco abonados

as primeiras as segundas
as que lhe calharam em sorte
os amigos agradecem
a atenção que lhes faz sempre
e são amigos todos
os que lhe compram livros

é sábado e eu não sei
se ainda há sábados para mim
todos os dias são domingo
para um reformado

ando como se não soubesse
de outro caminho
o mar ao fundo os livros à mão

comprei um livro
extraordinário
obrigado fernando

0 ahcravo DSC_1711 s asep

(buarcos, feira das velharias)