crónicas da xávega (494)


(praia da tocha; 2018)

esqueci os nomes
ficou o sentir

esqueci o sentir

tão só uma breve brisa
no inexistente cabelo
agita ainda esta coisa

que suporta o ser ainda
pensar 
sonhar

não
não regresses

eu já não existo
sou apenas o que já fui
resisto

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s