meditação sobre o coelho


ahcravo_DSC_1146_pescador buarcos bw

 

ser quase nada

para quase tudo

e

quase tudo

para quase nada

 

o meu nome

são vários

e um só

 

pensionista

reformado

funcionário público

 

para mim tudo

é

transitório

em trânsito para definitivo

 

queria dizer-te

outras coisas deste país

mas os coelhos comeram as flores

 

um dia virá

e será breve

em que almoçaremos coelho

para ter o prazer de o vomitar

o aparelhar do saco


joão "rodinhas" e ti alfredo neto

joão “rodinhas” e ti alfredo neto

a seguir à manga da mão de barca, como já se disse, é aparelhado o saco.

por vezes, quando a rede é colocada sobre a zorra, depois de seca, o saco não fica na posição correcta e é necessário, ao aparelhar inverter a posição – em vez de estar virado à ré, ficou virado à proa.

 

(torreira; companha do marco; 2010)