crónicas da xávega (52)


longe

a massa do massa

a massa do massa

fugir com o tempo
na algibeira
levar lá bem no fundo
a criança

uma onda sorri em espuma
parte em paz
beijou a areia e morreu

não compliques
a beleza
das coisas simples

ahcravo_DSC_3351

(torreira; companha do marco; 2013)

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s