crónicas da xávega (25) – para o Manuel Silva-Terra


o homem do mar: agostinho trabalhito (canhoto)

o homem do mar: agostinho trabalhito (canhoto)

abre-se a janela e
um livro
palavras semeiam luz
página a página
o sentir

à flor de
tudo treme
a beleza

um copo de água
não se interpreta
bebe-se

os teus poemas

ahcravo_DSC_4931_agostinho 2013

(torreira; companha do marco, 2013)

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s