miguel miranda apresenta “a paixão de k” em coimbra


 

miguel miranda

miguel miranda

 

Nascido no Porto em 1956, exercendo as funções de médico em Vila Nova de Gaia, é autor de uma obra ficcional já vasta e premiada em Portugal, que começa a projectar-se no estrangeiro (em 2006, o romance Dois Urubus Pregados no Céu foi traduzido em Itália) e a merecer, com justiça, a atenção da melhor crítica literária.

Membro da Associação Portuguesa de Escritores, da Associação de Escritores de Gaia, da Associação de Jornalistas e Homens de Letras do Porto e do Pen Clube Português, Miguel Miranda revelou-se na década de 90 com a colectânea Contos à Moda do Porto (1996), vencedora do Grande Prémio do Conto 1996 da APE, a que se seguiu o romance O Estranho Caso do Cadáver Sorridente (1998), agraciado com o Prémio Caminho de Literatura Policial 1997, ambos depois da menos conhecida obra de estreia, O Complexo de Sotavento (1992). Representado no Dicionário de Personalidades Portuenses de Século XX,publicado pela Porto Capital da Cultura 2001, e no Dicionário Literatura Portuguesa no Mundo, de Célia Vieira e Isabel Rio Novo, incluído em várias colectâneas de contos, Miguel Miranda tem vindo a publicar regularmente. Assim, constam da bibliografia do Autor: Caçadores de Sonhos (1996); Bailado de Sombras (1997); Livrai-vos do Mal (1999); A Mulher que Usava o Gato Enrolado ao Pescoço (2000); A Maldição do Louva-a-Deus (2001);Dois Urubus Pregados no Céu (2002); Princesa Voadora (incursão na literatura infantil, 2003); Como se Fosse o Último (2004); O Silêncio das Carpideiras (2005) e O Rei do Volfrâmio (2008).

Nesta obra considerável, que percorre os mais diversos géneros narrativos, Miguel Miranda retrata quase sempre um universo urbano, povoado de personagens tão estranhas e inesperadas quanto familiares e credíveis.

 

obras do autor

 

 

….

 

http://www.portoeditora.pt/imprensa/noticia/ver/a-paixao-de-k-de-miguel-miranda?id=7342

 

A Paixão de K, de Miguel Miranda

 

Romance, caos e memória no novo livro do escritor portuense.

30.01.2013

 

A 4 de fevereiro, chega às livrarias nacionais o mais recente livro de Miguel Miranda, A Paixão de K, uma história de paixões, de encontros atribulados numa Londres incendiada por distúrbios, e das memórias que se apoderam dos que vivem longe da sua terra-natal. 


Num registo original, com humor e imaginação, Miguel Miranda leva-nos numa viagem envolvente que, desta vez, nos afasta da cidade do Porto, um dos cenários de eleição do autor.


Miguel Miranda celebrou recentemente os seus 20 anos de carreira literária e viu publicados dois dos seus livros em França pelas Editions de l’Aube. Um deles, 
Dai-lhes Senhor, o Eterno Repouso (2011), foi publicado pela Porto Editora, assim como Todas as Cores do Vento (2012).


O LIVRO


Além de perito em arte, Perfecto Cuadrado é um habilidoso falsário, que viaja pelo mundo desenhando rostos anónimos no metropolitano e colecionando mulheres belas e sedutoras. É um homem experimentado na arte de seduzir e de amar. Nada faria prever que se apaixonasse de forma eruptiva por uma mulher misteriosa com quem se cruzou no metro de Londres – Josephine K.


Para Perfecto Cuadrado, a vida é uma sucessão de planos, sendo o presente um refluxo do passado, excetuando dois acontecimentos súbitos: os distúrbios que incendeiam a cidade de Londres e a paixão que arde dentro dele.


A Paixão de K. é uma viagem à insensatez de todas as paixões.

 

o vídeo

 

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s