crónicas da xávega (144)


tarda o sol

00 ahcravo_DSC_5730 marco 09 bw

na terra do espanto
só as nuvens e o mar
se erguem sobre a areia
de onde homens partem

há dias que nos cansam
de sabermos tanto
sobre tantos e sabê-los
mesmo quando nos
sorriem

apesar de muito ter andado
ainda sei de onde sou
como sei que essa gentinha
sendo de onde diz que é
melhor fora que calados
como lixo debaixo de tapete
varridos

o remo bate na água
o barco ganha mar
tudo fica longe

tarda o sol

00 ahcravo_DSC_5730 marco 09 c.jpg

(torreira; companha do marco; 2009)