quando o mar trabalha na torreira_ti henrique gamelas


ti henrique gamelas

 
na areia o fruto do lanço
o suor feito peixe

aos gritos das gentes
sucede agora o silêncio
morte lenta
na rede

peixe do mar
que a terra chegou

tudo isto me encontra
num mundo só meu
feito de mar e areia
castelos de que sou rei
senhor e plebeu

na areia
lentamente o movimento
desaparece
o brilho das escamas voadas
pousou e morreu

 
(torreira; século XX)

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s