negro tempo este


 

 

escrevo agora os dias

em tons negros

 

amargas palavras

sabem-me a estes tempos

onde tudo se confunde

com não ser

possível

 

uma mulher escava na lama

a sobrevivência de mais um dia

algures

sorridentes

lama na boca farta

banqueteiam-se os senhores

desta terra

 

cospem

em horas nobres

emissões encomendadas

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s