josé fanha lê o “manifesto anti leitura”


manifantleit

José Fanha na Lápis de Memórias, leitura do “Manifesto Anti Leitura”

no dia 4 de abril, na inauguração das novas instalações da Lápis de Memórias em Coimbra, José Fanha leu poemas da antologia editada pela livraria/editora/discoteca e deliciou-nos com alguns momentos de conversa e de leituras de textos seus.

publica-se hoje a leitura do “Manifesto Anti Leitura”, editado em 2012.

espero que gostem, porque mais virá que riquíssima foi a partilha.

seja este registo uma resposta à comunicação ao país que hoje tivemos de sofrer (7 de abril de 2013)