a beleza do sal (67)


acabou a safra de 2019
0 ahcravo_DSC3564

ilha da morraceira; tirar; 12/10/2019

 
a safra de 2019 chegou ao fim, foi feita a última redura, tira-se o sal e arruma-se no armazém.
 
as alterações climáticas há dois anos que se fazem sentir com maior intensidade na produção do salgado da figueira da foz – falo do que conheço, não sei como correu nos restantes salgados do país -, não conhecendo números, nem é essa a minha intenção, mas pelo acompanhamento, mais contínuo e cuidado, que faço desde 2016 do trabalho dos marronteiros, tenho a sensação de que “a coisa não correu muito bem”.
 
este registo,sendo dos últimos do ano, é um convite aos amigos fotógrafos para um olhar diferente, que espero ter conseguido e de que gosto muito – o carlos santinho, pelo menos, gostou do que viu no lcd.
 

a beleza do sal (64)


fotos da minha autoria no stand da FigueiraSal
0_ahcravo_IMG_20190925_172611

neste registo uma visão das primeiras fotos

começa hoje na praça do forte, na figueira da foz, a “FigueiraSea”.
 
 
no stand da “Associação de Produtores de Sal da Figueira da Foz -FigueiraSal” estão expostas, sem quaisquer pretensões, algumas das fotografias que fazem parte da minha colecção sobre os marronteiros e as marronteiras do salgado da figueira.
 
obrigado à associação e aos fotografados
 

a beleza do sal (62)


não
0_ahcravo_DSC1008

ilha da morraceira; enfeitar; 2019

 
não
não gosto do homem velho
é pesada a herança que deixa
 
refinamento do cinismo
violência encapotada
ódio dissimulado
assassino e suicida
 
não
não gosto do homem velho
por muito mau que seja o novo
não pode ser pior
 
não
não sou pessimista ainda sonho
por isso estou aqui
e digo não