bordão (2)


bordões ao alto

 

chegam da rede
as mangas à praia
correm os pescadores
aos bordões
amparar a rede
para que se não abra
fuja o peixe

é preciso manter as mangas
no ar
arregaçadas as próprias
calejadas mãos
esforçados dorsos
esperam do saco
a benção
do carapau

( torreira_companha do marco)

One thought on “bordão (2)

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s