alar e colher com o padas (IV)


a paula a safar as redes; 2010

é a paula, mulher do padas, não pára de safar as redes de algas, caranguejos e mesmo dos chocos ou linguados que venham emalhados.

o maia difícil de safar são os caranguejos, que com as tenazes se agarram às redes e como tempo não é coisa que sobre só há uma maneira de os fazer largar a rede, torcendo-os e arrancando-lhes as patas.

aqui termina esta série sobre a solheira. outros registos, pois muitos tenham, aparecerão de tempos a tempos.

(ria de aveiro_canal de ovar)

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s