o alfredo


                                                         alfredo amaral; 2010

conheci o alfredo ainda miúdo aos pés da mãe, na areia, a ver “trabalhar o mar”.

o tempo passou e hoje é um homem de força, dedicado ao trabalho e sempre com uma piada fina na ponta da língua.

quem nasce ao pé do mar e aprende a caminhar na areia, acaba sempre a trabalhar na xávega, alguns partem para o arrasto, de inverno, outros andam na ria e no mar.

o alfredo é vê-lo feliz a arrumar as cordas em cima da zorra e, enquanto o barco está no mar, a conviver com todos os camaradas de igual para igual.

quem quer vence o que tem. quem não quer morre do teve.

( torreira- companha do marco- 2010)

One thought on “o alfredo

  1. ” Quem quer vence o que tem. quem não quer morre do teve.”
    uma frase que enche um ecrã, uma vida de um alfredo, de muitos alfredos…
    uma frase que merece os meus parabéns para quem quiz!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s