popola


popola

popola

 

nunca lhe soube o nome

pois outro haverá

por detrás daquele

que é este

 

colada ao corpo

a alcunha

dirá de uma história

que desconheço

de um ter sido ou havido

que certamente é

 

popola

é um sorriso estampado no rosto

uma criança por dentro

de um homem

um sentir diferente dos demais

um braço igual a tantos

 

que sabe o mar disto?

 

 

(à memória do arrais zé murta, torreira, 2009)

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s