crónicas da xávega (238)


cacilda

escrevo devagar
o teu nome
em cada letra
bebo o mar

cacilda és uma gamelas
filha do ti chico
irmã do cipriano

cacilda
sal escamas cordas redes
norte areia
por vezes peixe

cacilda
o sorriso as palavras
poucas o corpo entregue
à faina

cacilda
és MULHER
do mar

0 ahcravo_DSC_8396s1

(torreira; 2013)

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

w

Connecting to %s