2 thoughts on “das janelas

  1. eternidade breve

    esta

    em que a memória

    tem mais vozes

    dentro do silêncio
    são mais íntimas agora as nossas conversas

    mais límpidas as palavras

    e as imagens,

    por detrás da cortina da tua ausência,

    estão ainda mais vivas

    até quando eu morar aqui

    aqui morarás

    e depois

    alguém, quem sabe,

    será tu e eu e todos os que nele estiverem

    assim se faz o tempo

    e assim continuará

    com outras vozes dentro do silêncio

    assim nos fazemos

    (ahcravo)

Deixe uma Resposta para Ana Oliveira Cancelar resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s