as quatro estações (IV)


é inverno e o mondego cresce para as terras

é inverno e o mondego cresce para as terras

 

deixa que o poema te chegue inteiro

procura no meu corpo

as palavras que ainda não escrevi

entra

eu abro todas as portas

entra como quem volta ao refúgio

depois de uma viagem longa

e sabe que o vento é gelado

mas o inverno é lá fora

 

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s