crónicas da xávega (271)


viagem

0 ahcravo_DSC_4572 marco 09_ana

a mulher, a muleta, o arinque, o barco adivinha-se, o mar sente-se

olho e sinto
como se hoje

a caminhada começa
pelo fim

que pernas estas
os olhos
por que caminhos
me levam

o sentir
as palavras

vou e fico
viajo em mim

(torreira; 2009)

One thought on “crónicas da xávega (271)

  1. Pingback: crónicas da xávega (271) — ahcravo gorim Blog | O LADO ESCURO DA LUA

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s