deixa que te sonhe


do caminhar
 
deixa que te sonhe 
 
imagino-te
pela manhã
com algas nos cabelos
peixes esvoaçam-te
por entre os dedos
húmidos da noite 
 
sorris
não sabes de outro modo de
sorrio também 
é estranho estarmos
mais ainda sermos
 
mas é assim
só assim
que sonho contigo
a acordar os dias
de ternura
vestidos
 

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s