crónicas da xávega (227)


estórias da berma da estrada *

0 ahcravo_DSC_1322 s bw

se livro houvera
seria o título
disseste-me

conheço-te e
muitas estórias tuas

sei que
não haverá livro

porque
o título já o é

(* título roubado ao meu irmão domingos augusto)

0 ahcravo_DSC_1322 s

(torreira; 2010)

Anúncios

ainda não se magoou ninguém (1)


hoje, dia 11 de janeiro, coincidência ou não, mas já havia protecção – móvel, mas havia.

0 _DSC8669

prever e planear são duas coisas frequentemente estranhas entre nós.

era de prever que aqueles socalcos eram perigosos, logo deveria ter sido planeada e projectada protecção física impedindo quedas, a incluir na obra.

mas não, agora é preciso levantar pedras, implantar apoios para as protecções, voltar a regularizar calçada …. enfim, o povo paga.

para se ter uma ideia do espaço entre a saída do quiosque e a protecção, agora colocada, veja-se a foto seguinte:

0_DSC8672

sem comentários.

esperemos agora que a protecção fixa, definitiva, seja colocada.

até agora não se magoou ninguém, nem me parece que, com estas medidas provisórias se venha a magoar.

se foi por publicações no face, se por reclamações em sítios apropriados, nunca o saberemos. o que sabemos é que poucos dias depois da publicação que fiz e divulguei aqui está, coincidência ou não, o que se pretendia: a segurança dos cidadãos.