postais da ria (377)


sei dos dias pela luz


torreira; corrida de chinchorros; 2014
 sei dos dias pela luz

 em todos vos amo
 sem saber de datas
 nem efemérides
  
 em todos todos vos quero
 sem destrinça
 em todos os dias todos são
  
 sei dos dias pela luz
 
 dos que esperam  
 ser no calendário dia  
 digo que cegaram
 
 voo para o sol 

postais da ria (376)


amizade

(para o mirco bompignano)

torreira; regata de bateiras à vela; s. paio; 2010
 
 não há mar que nos aparte
 nem terra que barreira seja
 
 caminhei por sobre a ria
 ao encontro do mar  
 e o inverso que caminho
 também o era
 
 não há mar que nos aparte
 nem terra que barreira seja
 
 o sentir vai e vem por onde
 caminhar pode
 sem saber de outro destino
 que o encontro  
 
 não há mar que nos aparte
 nem terra que barreira seja
 
 apenas uma palavra percorre
 estes dias e é amizade