quando o mar trabalha na torreira_massa


massa
 

além onde
as cores se confundem
mar e céu se unem
mora o meu sonho
o meu desejo

um barco parte
nele somos mais que nós
levamos connosco
raça que herdámos
de um tempo
antes do tempo

sobre o mar caminhamos
sem medos de vagas
correntes ventos
de onde viemos
para onde vamos
é um caminho que fazemos
de espuma a ferver

além
para além ainda
da linha do horizonte
morarei sempre
onde o sol nascer

(torreira, século XX)