o meu país


sorriso aberto
alegria estampada no rosto
chama-me à parte
palavras poucas

já tenho tudo o que sempre quis

depois de toda a vida
numa barraca
sem condições
poder ir para uma casa
a tal se resume

o que sempre quis

é este
o meu país
(alfredo amaral; torreira; 2009)

One thought on “o meu país

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s