M. FÁTIMA


no dia 26 de janeiro de 2016, começou a ser construído, na torreira, o barco de mar M. FÁTIMA. participaram na construção o arrais marco silva, albina amador, jorge carriço e ricardo silva. as pinturas de decoração foram obra do pintor josé oliveira.
 
o registo que aqui fica, uma breve entrevista com marco silva e algumas imagens do barco acabado, foi realizado no dia 22 de abril de 2016.
 
de admirar a capacidade de trabalho e a diversidade de artes em que o arrais marco silva intervém: arrais de mar, mestre de redes, mecânico e construtor naval – já lá vão uma bateira mercantel, um moliceiro (no ano passado) e agora um barco de mar.
 
como pode ser visto no registo é o primeiro barco com 2 motores, segurança que marco silva sempre pretendeu ter, bem como as dimensões e características do barco, de que dá nota na breve entrevista que lhe fiz.
 
seja este trabalho, uma homenagem a um amigo e grande homem do mar, da ria e da nossa xávega, chamado MARCO SILVA
 

regata da ria 2015 – paguem o que devem aos moliceiros


os moliceiros têm vela (206)

0 DSC_9881_marco+zé rito bw

o “marco silva” e o ” zé rito”

regata da ria 2015 – paguem aos moliceiros!
quase um ano depois, a regata realizou-se nos dias 27 e 28 de junho, os participantes na regata ainda não receberam os prémios de classificação, tradição e painéis – estamos a falar de um valor global de 2.400 euros a distribuir, uma fortuna!!!!!!!!!!! mas que faz muito falta aos donos dos barcos que concorreram e que, tudo somado, não chega para os gastos.

para participarem na regata, os donos dos moliceiros tiveram de reparar e pintar barcos e painéis – uma despesa média de 1.500 euros por barco.

a organização da regata e pagamento dos prémios foi da responsabilidade da “Comunidade Intermunicipal da Região de Aveiro” e publicitada como atracção principal daquilo a que chamaram “Aveiro Weekend”.

http://www.regiaodeaveiro.pt/pagegen.aspx?wmcm_paginaid=27849&noticiaid=36124&pastanoticiasreqid=33107

(vejam por favor e leiam)

atendendo ao historial dos atrasos dos pagamentos por parte dos organizadores, a câmara municipal da murtosa, pela boca do seu presidente, comprometeu-se a pagar os prémios, caso houvesse atrasos. é facto que o prémio de presença foi pago antes da regata do s. paio, princípios de setembro, quando a regata da ria tinha já sido em final de junho. quem pagou não se sabe.

repito: os prémios de classificação, de painéis e tradição, quase um ano depois, continuam por pagar.

E VIVAM OS MOLICEIROS E O AVEIRO WEEKEND

assim vamos pela ria de aveiro, a tal que se celebra pelos moliceiros mas a quem os responsáveis não pagam.

é tão bom “botar” figura com o dinheiro dos outros.

para 2016 já há programa http://www.cm-ilhavo.pt/frontoffice/pages/2056?event_id=2084

PARTILHEM A BEM DA NOSSA TERRA, DA RIA DE AVEIRO E DOS MOLICEIROS.

(ria de aveiro; regata da ria; 2015)

0 DSC_9881_marco+zé rito

quando o “marco silva” começou a ganhar “terreno”, para terminar em primeiro

o “marco silva” e o “zé rito” em recachia. no final acabou por ganhar o “marco silva”