“Deram-me tudo …” de maria eugénia cunhal


o poema “”Deram-me tudo …” faz parte do livro “HISTÓRIA DE UM CONDENADO À MORTE”

(nota: o livro-poema é editado em 1983 e o nome do condenado à morte é antónio. maria eugénia cunhal, irmã mais nova de álvaro cunhal, terá quatro ou cinco anos, quando em 1932, morre jovem o irmão antónio. será este livro, o segundo livro de poesia da autora, dedicado ao irmão no cinquentenário da sua morte? aos estudiosos aqui fica a questão)

crónicas da xávega (379)


aos amigos

torreira; ti alfredo fareja; 2005
aos amigos o abraço
braços de dar

aos amigos ainda mesmo se
aos amigos sempre
só porque

pela metade nada nunca
que só tudo aos amigos

por entre os braços a rede
corre como o tempo
que os levou e os trouxe

nem sempre partiram como
chegaram amigos foram
incertos no tempo de ser

aos amigos o abraço
o abraço aos amigos
sempre