memória_03042011

memória_03042011


um dia
0 ahcravo_Imagem 034 onda mar claridade 0s_bw

praia de buarcos; 2008

um dia
o meu poema vai levantar voo
das folhas brancas
 
um dia
o meu poema ave vai encontrar-te
na planície da ausência presente
e pousar suavemente
nos teus olhos sequiosos de luz
 
um dia
o meu poema barco
partirá para os mares de bocas
lábios gretados em busca de palavras
 
um dia
o meu poema
deixará de ser
meu
 
0 ahcravo_Imagem 034 onda mar claridade 0s

praia de buarcos; 2008

memória_quando o mar trabalha_22032011


ser barco
00000 ahcravo_DSC9846

barco sr.ª da aparecida; à proa o arrais bolacha;torreira; anos 90

 
quantos o sonham
caminhar por sobre o mar
descobrir outras liberdades
inventar novos caminhos
 
como se voasse
pensam
o horizonte por limite
as ondas cócegas nos pés
andar assim sem rumo nem destino
 
ser barco
 
partir soltar amarras
cordas prisões grilhetas
convenções
 
e o regresso ?
há sempre terra no fim do mar