quando o mar trabalha na torreira_fina murta


delfina (fina) murta

 

será carapau….

o mar dá
o que as traineiras deixam
o arrasto não estraga

trabalhar aqui
é ser mais um braço
laço
que une terra e mar
fome e desejo

será sardinha ….

dias passam
barcos partem e regressam
sempre com a esperança
poisada na proa

vivemos de promessas de mar
cantos de sereia
em dias que urge
a pesca ser boa

(torreira, século XX)

 

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s